quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Primeiras Sopas #3 Puré de Cenoura com Arroz

Para variar trocamos a batata pelo arroz! E fica um creme macio e leve. Não convém fazer muitas doses porque pode prender o intestino da baby!

Com a introdução da proteína em forma de carne, podem substituir a courgete por frango ou borrego. Aqui faço muitas vezes uma espécie de canja, até com massinhas fica bom. A textura depende sempre de como o bebe gosta... tudo passado e cremoso ou mais em puré!

Quando faço esta receita com carne, faço apenas para uma refeição. Não gosto de cozer a carne na sopa e depois reaquecer.  

Creme de Cenoura e Arroz

Receita:
1 cenoura média 
1//2 courgete pequena
1 punhado de arroz
1 rodela grossa de cebola 
Azeite

1. Cozer todos os ingredientes numa panela com água a ferver e no final ntes de moer juntar um fio de azeite. 
2. Serve 1 dose
3.Podem experimentar trocar a courgete por carne ( a partir dos 6 meses) 

Bom apetite!

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Birras e Companhia, Lda!!!

Birras!! Só quem não tem filhos é que não sabe como uma criatura tão fofinha que adoramos tanto nos põe a ferver em menos de três tempos!!!

Cá em casa, como em todas as casas, há fases calmas e há alturas mais agitadas. O regresso das férias foi fatal para o cachopo!! Desde que a mana nasceu andámos sempre em semi registo de férias... ou ficávamos em casa, ou iamos passar os fds a qualquer lado, as férias de verão foram de 1 mês e 1/2 no Algarve... o regresso à rotina a sério entrou em conflito com a vida de sorna que andava a levar! Acho que foi essa a pedra de toque para o "despertar da fera"! Eu continuar em casa com a mana e a boa vida acabar para ele! Crise de ciúmes resumindo e baralhando!

Após diversas "notificações" o miúdo parecia que andava com o demo no corpo! Tudo era motivo de "não quero" ou "mas eu quero"! As técnicas tradicionais não estavam a surtir efeito, sem ipad, sem um brinquedo qualquer, ralhetes... nada!
O que faz uma mãe em casa a gastar os últimos cartuchos da licença? Pensa e repensa e decide... e se eu fizer um quadro como os da escola? O miúdo traz estrelas tantas vezes!! (O que mostrou ainda mais que o puto estava era zangado cá por casa por ter de voltar à rotina e eu não)... como fazer uma coisa destas?? Vi alguns pela net e meti mãos à obra!

Como fiz:
Decidi quais as situações mais críticas (há birras absolutamente aceitáveis e normais, coisas pontuais... agora situações recorrentes de grande espetáculo foram parar ao quadro), de seguida o Manel reconheceu as mesmas e deu sugestões...(tipo "eu faço birras para arrumar o quarto põe aí!! Vá escreve!!) ou quando tínhamos um quadrado em branco fomos falando de situações que causam algum desconforto pela minha insistência, como sentar direito à mesa (sem pernas penduradas e braços atrás da cadeira...grrrrr... ando há anos a chamar a atenção para isto!!!). "Amigo da mãe e do pai" foi escolhida para alguma situação inesperada. Vocês terão de decidir ai em casa. É importante que eles estejam de acordo e reconheçam caso contrário é só porque vocês estão a dizer, tem de haver uma tomada de consciência! Com quase 5 anos é perfeitamente possível!


As cores (verde ou vermelho com carinhas que podem desenhar com caneta de acetato) não há meio termo ou porta bem ou porta mal, se não acabamos a escolher sempre o amarelo e nós mães sabemos o que é portar bem (mesmo quando há um "não quero" pelo meio)! 
Para além das cores comprei uns autocolantes com animais muito giros na tiger para poder colar quando o dia corre mais a verde que a vermelho! Que é esse o objetivo!

Para preencher dois pontos que considero fundamentais: é ele que cola e diz qual a cor (verde ou vermelho...eles sabem tão bem!!) Na bolsa só coloquei um tira de vermelhos e imensas verdes (estamos a dar um voto de confiança)!

Aqui só considerei usar uma única vez e durante uma semana e meia! O que estava em causa era a festa de aniversário dos ninjagos! Façam quadros com cores e uns autocolantes catitas! Acho que esta ideia pode funcionar de forma pontual em situações mais limite, eles sentem responsabilidade e ao mesmo tempo acham imensa graça, mas como são crianças, se têm de colar bolas durante muito tempo começam a ficar cansados. Isto é o meu ponto de vista, vale o que vale! Foi o que funcionou, todos os verdes foram merecidos, ele adorou e pediu para o Halloween e Natal!! (Já não fazem putos como antigamente...ahahah!!!)

Talvez faça um para o Natal, uma mistura entre o advento e o portar bem para o pai natal deixar presentes!

Espero que tenha tido alguma utilidade para vocês! Boa sorte!

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Primeiras Sopas #2 Creme de Batata Doce, Feijão Verde e Abóbora

Quando começamos as sopas a ideia é experimentar diferentes legumes e dar a conhecer novos sabores e texturas. A sopa de hoje tem as três cores e uma textura muito suave.
Não sei se vocês costumam provar as sopas, mas aqui é sagrado, antes de dar à Matilde gosto sempre de provar e por acaso, apesar da falta de sal acho que as sopas ficam saborosas!
(...Que a Matilde não nos ouça...as sopas com peixe é que me custam provar...blaghhhh... não gosto nada daquilo...ainda falta para lá chegarmos... ainda bem!!!)
Creme de Batata Doce, Feijão Verde e Abóbora 

Receita:
1 Batata doce grande
1 Chávena de Chá com Feijão Verde 
2 Chávenas de Chá de Abóbora aos cubos
1/2 Cebola
Azeite q.b

Lavar bem e cortar os legumes. Colocar num tacho com água até cobrir parcialmente os legumes e cozer. Moer e juntar o azeite. 

P.s - o feijão verde está assim partido porque compro assim no mercado das Caldas da Rainha! (Se partirem a vagem em 3 partes coze bem e moi bem)

Bom apetite!

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Primeiras Sopas #1 Creme de Cenoura com Maçã

Então vamos lá dar início a esta nova rubrica! Se temos um provador oficial para as refeições dos mais crescidos faz todo o sentido nomear a Xona Matilde (nome dado pelo Manel à irmã) para provadora dos mais pequeninos!

Ao contrário do Manel a Matilde gosta de comer, é muito tranquila e aceitou muito bem as sopas e a fruta...Graças a Deus... não sei se teria estômago para um Manel parte 2... cada vez que penso ainda tenho arrepios...

Até aos 6 meses vamos experimentar diferentes legumes. Por indicação da pediatra a sopa deve ser feita com um legume de cada cor...branco, laranja e verde (alho francês, feijão verde, brócolos, courgete, etc... deixou de fora os agriões e os espinafres) desde a primeira vez!  A fruta ficou para já condicionada ao trio maravilha...pêra, maçã e banana!

Para já come tudo muito bem passado e macio, mais tarde talvez haja experiências com BLW. A vantagem do segundo filho é que tudo se faz muito mais nas calmas!

Já experimentamos 3 sopas diferentes e a baby alinhou em todas. Hoje vamos a uma receita simples .... a maçã está a fazer a vez do verde!

Creme de Cenoura com Maçã 

Receita: 
3 Cenouras grandes 
2 Batatas
1/2 Maçã
1/4 Cebola
Azeite 


1. Cozinhar tudo numa panela com água a cobrir os legumes. Moer até ter a consistência desejada e juntar azeite no final. 

2. Serve 3 doses de 200ml 

Bom.apetite!

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

A festa dos Ninjagos! 5 Anos!!!

Este ano foi uma trabalheira... fizemos quase tudo, desde a comida aos enfeites. Há pouca oferta deste tema, valeu o Pinterest com muitas ideias e sugestões DIY. Imprimimos olhinhos para colar nos balões e copos, os toppers, os marcadores de garrafas, os ninjagos em papel, o photoboth ... ufa...Deu imenso trabalho, mas o resultado final foi fabuloso. Eu sou suspeita ( e pouco modesta) mas fiquei mesmo orgulhosa.

Este ano o menu foi em tudo semelhante aos anos anteriores, com a novidade das bolachinhas ninja de chocolate, que foram um sucesso junto dos mais novos, nunca imaginei que comessem todas. Depois do trabalho que deram, o entusiasmo dos mais novos à roda das bolachas valeu cada minuto de preparação!!! E a gelatina/gomas em forma de lego... fica tão giro e é tão fácil fazer!  Ainda na mesa, de novo fiz os mini hambúrgueres, que voaram literalmente e os pizza rolls. O Shushi de Nutela é um clássico mas desta vez com uma apresentação mais ninja!

O Bolo dispensa apresentações, é velho amigo, nunca desilude e não sobra!! A decoração do bolo ficou simples, mas o Manel adorou! Aliás, ele adorou tudo!

Ficam algumas fotos e se tiverem Little Ninjas em casa espero que a nossa festa sirva de inspiração ❤❤❤

quinta-feira, 7 de julho de 2016

O meu bolo delicioso!!!

A minha sobremesa preferida é cheesecake, já a reinventei várias vezes como já viram por aqui. Este ano para fugir ao bolo de chocolate das festas, achei que um bolo gelado seria a melhor escolha. O little não gosta de morangos, mas eu adoro, desta vez dei prioridade à mãe! Com um sabor especial a Matilde e Manel este aniversário foi passado com alegria e ao mesmo tempo com o sentimento... ui que já estou a ficar velhota!! 

O bolo é super fácil de fazer e mais ainda de se comer!!!! 


Cheeesecake com Morangos e Chocolate

Receita:
Base:
1 pacote de bolacha maria
100gr de manteiga
10 morangos grandes
Framboesas a gosto

Cheesecake:
2 pacotes de natas Longa Vida
1 embalagem de queijo Philadefia Light
1 iogurte grego natural 
6 colheres de sopa de açúcar 
5 folhas de gelatina

Cobertura:
1/2 tabelete chocolate culinária Nestlé  
1/2 pacote de Natas (mimosa light)

1. Moer as bolachas com a manteiga e cobrir uma base movivel. Cortar os morangos às rodelas e colocar em cima da base de bolacha. Juntar as framboesas. 

2. Bater as natas com o açúcar. Reservar. 

3. Bater o queijo com o iogurte. Reservar. 

4. Derreter as folhas de gelatina e misturar com o queijo e iogurte. Mexer bem.  Juntar às natas e envolver bem com colher ou salazar. 

5. Deitar na forma em cima do preparado da base. Tapar e levar ao frigorífico até ficar sólido. 

6. Quando o cheeseckae já estiver sólido. Derreter 2m no micro-ondas o chocolate com as natas  e mexer bem para ficar uniforme e arrefecer um pouco. 

7. Colocar o chocolate por cima. Tapar bem e levar ao congelador. 

8. Tirar do congelador para o frigorífico  1 hora antes de servir. 

Bom apetite!


terça-feira, 28 de junho de 2016

Moms: De Cozinheira a Fotografa!

Esta sessão fotográfica foi caseira, como todas as outra.A mãe foi a fotografa de serviço. Trajou a pequena e "cá vai disto"! 

Deu origem a alguns ciúmes do Mano (também tem direito a ter ciúmes)...mas fiquei completamente rendida ao resultado. Eu sou suspeita, mas não me canso de ver estas fotos!!!



❤❤❤

quinta-feira, 23 de junho de 2016

O colo, esse bandido!

A Matilde adora dormir ao colo... da mãe, do pai, do avô, das avós... qualquer colo quentinho e aconchegante serve... qualquer posição é indutora do sono tranquilo... Por aqui chamamos-lhe de "o gatinho"

Se habituamos mal "o gatinho"? ... claro que sim! Se a cama já tem picos...uiii...se tem... mas é tão pequenina e fofinha que quem a tem nos braços não resiste... são só mais 5m...que podem virar horas...

Com o Mano foi igual, via filmes inteiros com ele a dormir ao meu colo...sabem qual foi a última vez que ele dormiu ao meu colo? ... não me lembro... porque já foi há tempo demais... eles crescem e vamos adaptando devagarinho novos hábitos, novas rotinas e tudo se vai compondo...sem pressas!

É tão bom um colinho ❤❤❤

terça-feira, 7 de junho de 2016

6 semanas... O tempo voa!!

Já passaram 6 semanas... a Matilde está, aos meus olhos cada vez maior, mais fofa e mais querida! O Xoné continua a adorar ser o mano mais velho e a onda de beijinhos e abraços ainda não passou.

                 
                      
                             ❤️❤️❤️

A alimentação da pequena tem sido leite materno em exclusivo...se tem corrido bem? Agora estamos a encontrar o equilíbrio... mas demorámos 5 semanas, entre mamilos gretados, peito empedrado e uma mastite...

Estabelecer a amamentação pacífica e sem dor... é para mim a fase mais dificil, nada do que vem nos livros explica abertamente que será uma fase (para muitas mulheres) muito dura e dolorosa, em que muitas vezes pensamos em desistir, em que imaginamos que com um biberão tudo seria um sonho, em que quando chega a hora de dar de mamar queremos que durmam só mais um bocadinho porque vai doer, em que gastamos uma pequena fortuna em bombas, cremes, discos de hidrogel e almofadinhas à espera de um milagre, em que passamos horas no duche quente a massajar o peito, em que andamos de mamas de fora porque qualquer coisa que toque parece uma tortura...em que pingamos leite por tudo e por nada, em que temos mamas até ao pescoço... E que lemos vezes sem fim, "amamentar não dói" e temos a certeza que estamos a fazer alguma coisa mal... 

Como mãe de segunda viagem tudo foi mais fácil (mais fácil passar por tudo quero eu dizer) a mastite foi diagnósticada ao primeiro calafrio, a pega foi corrigida sem medos e com mais calma, se imaginei o biberão, claro que sim, se me passou pela cabeça desistir? Também ...mas tudo é uma aprendizagem entre a mãe e o bebé e se vale a pena passar por esta fase? Vale pois... Basta olhar para o ar feliz e aconchegado da baby quando mama e as sua pernocas gordas. 
Hoje há imensa ajuda, as CAM Conselheiras de Aleitamento Materno, o SOS amamentação, as enfermeiras e servem exatamente para ajudar na técnica da pega em dar apoio moral, porque o amor já está lá entre a mãe e o bebé, mas só com amor não vamos ter sucesso porque a dor se continuar transforma o momento numa tortura... Passei por isso na primeira vez e confesso que foi tão mau que desta vez cheguei a por em causa nem sequer tentar...mas tentei e ainda bem! 


quarta-feira, 4 de maio de 2016

Como param as modas?

Eu sei que querem um post com receitas, eu sei que este não é um blog de moda... Mas há coisas tão fofinhas para meninas que não resisto em partilhar algumas peças amorosas do nosso enxoval.

Habituada a comprar para rapaz, a primeira compra não foi fácil, os olhos fugiam sempre para o azul, achava tudo o que era rosa piroso e os tons de rosa não me enchiam as medidas...até que encontrei o meu lugar no mundo das meninas, abracei o amoroso e fofinho como se não houvesse amanhã, preparei não sei quantos conjuntos para os primeiros dias e deu-se uma tragédia na conta bancária... Ahahahah!!! Lembram-se da mala preta na mala? Era este o recheio as roupas escolhidas a dedo para os primeiros dias da primeira menina na família! 

Para a maternidade optei por peças únicas, fáceis de vestir e despir mas (a meu ver claro!) muito bonitas e simples aos mesmo tempo. Sim, ela anda quase sempre de cor de rosa... ❤️❤️❤️



        

      

Bom apetite! 


quarta-feira, 27 de abril de 2016

Matilde: A nossa história!

Durante 9 meses, pouco partilhei esta gravidez, mesmo entre amigos e família foi vivida de forma discreta, apesar do enorme desejo, a preocupação foi sempre maior. A gravidez foi de risco? Não, nada... nem por um segundo... se a do Manel foi santa, esta não tem explicação, mas na minha cabeça foi de risco durante os 9 meses! 

Gostava muito de ter partilhado também com vocês que me lêm e me seguem esta novidade, preparei alguns post com roupinhas, outros com desenhos do Manel com a mãe com a mana na barriga, as conversas deliciosas que tivemos os dois à conta da Matilde, podem imaginar os comentários do Manel! Mas nunca saíram da caixa.

A nossa história nos últimos  2 anos, foi dura, perdemos 2 bebés, abortos retidos, perdidos de forma silenciosa, sem qualquer suspeita, nem motivo ... foi difícil, foi doloroso, houve momentos em que perdemos a esperança, outros em que acreditávamos que havíamos de conseguir. Quando olhámos para mais um teste positivo o sentimento foi... e agora? O medo foi sem dúvida o sentimento predominante com uma mistura de "não sejas parva, vai correr tudo bem"...

A primeiro eco só ajudou a reforçar os sentimentos, nada de embrião, possibilidade de SAF, prognóstico reservado com nova avaliação em 7 dias! Na minha cabeça já não havia esperança, nada, nem uma restia, havia quase que como uma confirmação que o Mané seria filho único e que no meu coração ia ficar um vazio ocupado por 3 corações para sempre...

Passados 7 dias... a angústia que sentia no peito era do tamanho do mundo... Não, era muito maior que o mundo...mas em breves segundos consegui vê-la, ouvi-la e saber que estava lá! Daí para a frente, e por mais que tentasse, a gravidez não foi igual á do Manel, não foi vivida em pleno, foi vivida em estado de alerta... estava descansada quando ia fazer as ecos, era a semana que comprava roupas e coisinhas para ela. Até nova eco o aperto crescia... raios...parecia uma montanha russa.

Só nas últimas semanas é que o meu coração começou a descansar, sentia-a a mexer-se todos os dias, as consultas regulares para ouvir o coração deixaram-me gozar quase em pleno este final. Quase... porque parei de tomar aspirina ás 35 semanas e achava que podia acontecer alguma coisa agora no fim!!

God... só queria que ela nascesse, havia momentos em que sentia que o meu corpo podia ser perigoso para ela... vejam só as parvoíces que nos passam pela cabeça!!!

No dia em que ela nasceu, a caminho da sala de partos, revivi a última vez que, por motivos menos felizes tinha passado ali e chorei, chorei tanto que a médica pensava que era de dor (por acaso também, a epidural fez janela, e sentia tudo do lado direito)... mas a emoção foi tão grande e a vontade de vê-la também que em literalmente 8 minutos estava nos meus braços, finalmente o pedacinho que nos faltava para estarmos verdadeiramente felizes!!!

Ser mãe é sem dúvida a maior benção que uma mulher pode ter, é um amor que não tem explicação é a dobrar então, é bom demais! 

P.s. É possível que, por causa das hormonas pós parto os post estejam a cair para o lamechas! 

                       
                                ❤❤❤
❤❤❤
❤❤❤

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Mousse de Framboesas e Banana!

Um lanche saudável.  Dependendo da quantidade de leite que coloquem, pode ser uma mousse ou um batido. Rápido, fácil e para Littles (ou mães) é uma boa solução para o lanche. Cá em casa foi insucesso...


Mousse de Framboesas e Banana

Receita:
1 Chávena de Framboesas Congeladas
1 Banana 
Leite (até metade do copo)

1. Colocar as framboesas e a banana partida aos pedaços para um copo/misturadora. Deitar o leite fresco até metade da mistura (se quiserem batido é encher com mais leite) ... vrummm, vrummm e já está. 

Bom apetite! 

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Hambúrgueres de Salmão!

Muito fáceis de fazer, ficam macios e saborosos. Para os Littles é ouro sobre azul e para nós também porque quando eles gostam toda a refeição fica mais fácil. 

Em tempos já tínhamos feitos estes, hambúrgueres de Salmão que estão mais para pastelinhos. A receita de hoje é mais fácil e mais rápida.


Hambúrgueres de Salmão  

Receita:
3 lombos de salmão  (dá 4 hambúrgueres tamanho normal, 5 se as crias forem de pouco alimento)
1/2 cebola grande ou 1 cebola pequenina
3 rodelas de espessura média de pimento vermelho
1 dente de alho pequeno
Gema de ovo
Sumo de 1/2 limão
Pão ralado
Sal

1. Colocar na picadora todos os ingredientes exceto o pão ralado. Picar até ficar em pedaços  (cuidado para não ficar em pasta)

2. Colocar numa taça e colocar o pão ralado, para dar um pouco de consistência e conseguirem moldar. Vão experimentando. A textura final é sempre um pouco mole.

3. Façam 3 hambúrgueres e coloquem no frigorífico cerca 20/30m só para ficarem um pouco mais firmes.

4. Numa frigideira com um fio de azeite, passar de um lado e outro e servir com arroz de tomate e salada.
Bom apetite!


segunda-feira, 11 de abril de 2016

Bolo de Chocolate com Caramelo Salgado!!! Simplesmente Maravilhoso!!

Depois do Bolo de Chocolate com Frutos Vermelhos e Mascarpone, troquei as voltas neste...E ficou tão bom... mas mesmo bom... a base é a do costume, podem ver aqui, Bolo de Chocolate, o resto foi inventado na hora. Não foi feito para um Little, foi para a Ana do Just Me and My Kids.
 
Depois de ver milhares de episódios do masterchef a fazerem caramelo salgado decidi por as mãos na massa... claro que foi a olho e tive de inventar... o bolo simplesmente desapareceu entre o almoço e o lanche. Os Littles lambuzaram-se todos.  A repetir.
 
 
Bolo de chocolate com Caramelo Salgado 
 
 
Receita:
 
1. Bolo chocolate base
 
2. Recheio:
1/2 Tablete de Chocolate de Caramelo (Nestlé, acho que é uma edição especial do Natal)
100ml de natas
 
Partir o chocolate aos quadrados e colocar numa tigela de micro-ondas, cobrir com as natas e aquecer no micro-ondas cerca de 2m. Retirar, envolver bem até ficar bem ligado. Rechear o bolo.
 
3. Cobertura: (esta é a parte mais difícil que foi a olho)
100gr de açúcar ( confirmem que cobre bem o fundo da frigideira)
1 embalagem de queijo mascarpone
1 colher de sopa de manteiga 
Sal grosso q.b
 
Numa frigideira colocar o açúcar e em lume brando deixar caramelizar, até ficar escurinho (sem queimar), quando estiver no ponto deitar o mascarpone e ir mexendo bem para envolver. Cuidado para não se queimarem. Quando estiver bem envolvido e numa única cor, juntem a colher de manteiga e mexam bem. é a manteiga que lhe vai dar uma cor mais brilhante e uma certa macieza. Deitem uma pedras de sal grosso mexam e cubram o bolo. A textura fica cremosa e com alguma elasticidade típica do caramelo... Fica mesmo muito bom...
 
Bom apetite!

 
 
 
 

sexta-feira, 8 de abril de 2016

Passem a faca ao Littles! Cuscuz com legumes!

O Little cá de casa até come bem legumes, dentro do esperado para uma criança de 4 anos não está nada mal. Aceita brócolos, feijões verdes, grão, cenouras, já come salada com alface e tomate, entre outras coisas... Não me posso queixar, antes pelo contrário!(quando este blog nasceu a palavra de ordem era...só me posso queixar...ahahahah... O puto não metia nada na goela...nem leite!) 

Mas os legumes e as crianças não são sempre amigos, é quase um clássico como o cão e gato não serem amigos, envolvê-los na preparação pode ser uma grande ajuda. Cá em casa quando fazemos cuscuz  de legumes quem parte os legumes é o Xoné. Tábua de cozinha, faca com pouca capacidade corte (de sobremesa por exemplo) e legumes variados. 

A receita de hoje é cuscuz com cebola (corta a mãe), alho (corta a mãe), corgete(corta o filho), cogumelos (corta o filho) e cenoura (corta o filho). O Mané gosta muito, mas... Só se for ele a preparar... Uma pessoa entende lá estes putos!!!

                
Cuscuz com legumes

Receita:
1/2 cebola
1 dente de alho
1 cenoura média ás tiras finas
1/2 corgete as rodelas
6 cogumelos as fatias
200 gr Cuscuz
Azeite
Agua 
Sal 
Hortelã 

1. Partir os legumes aos pedaços, em quadradinhos pequeninos colocar numa frigideira com um fio de azeite e cozinhar até ficarem macios, mas ainda com textura sem desfazer. Reservar. 

2. Num tacho colocar água a ferver, com um fio de azeite, sal e hortelã.

3. Colocar o cuscuz numa taça e quando a água ferver deitar sobre o cuscuz até cobrir. Talvez mais um dedo de água. Tapar com um prato e aguardar 5 minutos até a água desaparecer. Soltar com o garfo.

4. Ligar novamente o lume da frigideira com os legumes (podem fazer tudo ao mesmo tempo e preparam os cuscuz enquanto os legumes cozinham). Misturam o cuscuz na frigideira, envolvem bem sem desfazer e voliá. 

5. Servir quente com o que gostarem mais, aqui por casa servimos muito com salmão. 

Bom apetite!


quinta-feira, 7 de abril de 2016

Tartes fajutas mas com fruta fresca!!

As tartes mais fajutas da história deste blogue... ficam bonitas, têm fruta e iogurte mas a base é de compra... (desculpem se vos desiludi...). Comprei num impulso no ALDI, mas confesso que pensei que fossem tipo massa a quebrada e quando abri fiquei a olhar para elas... e agora?

Tirei um bocado de miolo para criar fundo e questionei o Little qual era a fruta que ele queria em cima do "bolinho"...sim parecem bolinhos (deixo ao vosso critério se gostam ou não). Ele escolheu laranja e eu morangos.

Podem rechea-las com chantily se procuram algo mais tipo sobremesa, ou com iogurte grego ou iogurte natural de vão mais para lanche. Estas foram recheadas com iogurte natural magro.

Qualquer fruta fica boa, nesta tive apenas o cuidado, para ficarem molhadinhas, de deitar o sumo que ficou depois de arranjar a laranja nas bases.

São saborosas (não são xaran), mas ficam bonitas e é super rápido fazê-las.

      

      

      
               Tartes com iogurte e fruta fresca

Receita:
Bases de tartes ALDI (caixa de 6)
Iogurte ou natas 
Frutas (a gosto)
Chocolate culinária para raspar

1. Abrir o pacote.. lololol
2. Partir a fruta em pedaços pequenos
3. Colocar na base o iogurte ou as natas, cobrir com fruta e raspas de chocolate.

Colocar no frigorifico pelo menos 30m antes de servir. Servir fresco. 

Bom apetite

terça-feira, 5 de abril de 2016

Garoupa com ervas, limão e bacon!

Cá está ela...a garoupa! Esta já foi comida há uns meses... Ficou super saborosa e ao contrário do que pensávamos não sobrou quase nada. Receita muito simples como de costume. A parte divertida é que o Mané adora quando faço peixes com "cabeça e olhos e tudo..." ... Fica fascinado e tira sempre um olho ao peixe.. Ahahahah!! Viva a anatomia!!!

                  
Garoupa com ervas, limão e bacon

Receita:
1 garoupa inteira fresca e bem limpa com cerca de 1,5kg/ 2k
1/4 naco de bacon
Azeite
2 limões 
Salsa e coentros 
Sal

1. Cortar 1 limão as rodelas, cortar o bacon as fatias e cada fatia em 3 pedaços, picar a salsa e os coentros.

2. Depois de bem lavada colocar o sal e o sumo de limão. Na parte da barriga colocar muitas ervas, rodelas de limão e uns pedaços de bacon.

3. Dar 4 golpes no cimo do peixe e colocar o limão e bacon meio enterrados em cada golpe e espalhar mais rodelas de limão e salpicar com ervas. Deitar um fio de azeite, mesmo muito pouco.

4. Levar ao forno a 180º, durante (Aí jasus que não me lembro do tempo...já sabem que sou uma cozinheira de meia tigela) mas deve ser cerca de 1hora ou até estar tostadinha. 

Bom apetite! 

domingo, 3 de abril de 2016

A Festa dos 4 anos!

Se vamos recomeçar, voltar ao início é sempre o melhor... Paramos em setembro, vamos recuar até lá. Todos os anos partilho a festa do Manel... Este ano deixei passar...mas como ideias para festas são sempre bem vindas, aqui fica a festa dos 4 anos do Manel. O tema foram os Invizimals, confesso que não foi o meu preferido, já não são fofinhos e amorosos, as cores são fortes e mais escuras mas com imaginação conseguimos transformar (acho eu) a mesa da festa e os enfeites giros e manter o estilo que a Moms gosta (eheheheheh)! Mais ideias vejam a A festa dos piratas ou a A festa do Toy Story

Foi, mais uma vez, uma grande trabalheira, tudo home made (exceto os croquetes e leitão do jantar)... As sobremesas...bem... Como já é tradição não chegaram a ser fotografadas!! Espero que gostem e que tirem boas ideias para os vossos pequenos! 


                 
Croquetes e pasteis de bacalhau "bolinha", canapés de atum e delícias do mar
Tábuas de queijos e enchidos, sushi de nutela e pipocas

Folhados de Salsicha, Salmão fumado, Rolinhos de Alheira com maçã e hortelã 

Patês de atum, guacamole e delícias do mar e Tarte de presunto e espinafres.

Para o jantar há sempre sopa para os miúdos e o tradicional leitão para todas. A sangria de espumante com morangos, sumo de laranja e hortelã é sempre sucesso entre os adultos. As sobremesas não variam de ano para ano. Mousse de chocolate, cheasecake, heton mess de morangos e suspiros e bolo de chocolate ;) 

Bom apetite! 

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Jantar Oriental para Littles!

Uma receita super rápida... 30 minutos e voilá.
 
A ideia foi do Mané! Estávamos a ver o Gordon Ramsey e ele disse "Mãe, amanhã faz aquilo para o jantar!" E assim foi...


Massas de Arroz com Frango e Brócolos
 
Receita:
2 Bifes de Frango
1/2 Pacote Massa de Arroz
1 Ovo
Brócolos q.b
1 dente de alho
2 colheres de molho de soja
Azeite q.b
Sal
Limão
 
1. Cortar os bifes em tiras finas, e os brócolos aos pedaços pequenos e reservar;
 
2. Numa frigideira com um fio de azeite colocar o alho e saltear o frango. Quando o frango estiver quase pronto juntar os brócolos. Retifique o tempero.
 
3. Colocar a massa numa tigela e ferver água na chaleira. Quando a agua estiver a ferver, cobrir a massa e juntar umas pedras de sal. Reservar e deixar ficar 3 minutos, escorrer de seguida.
 
4. Retire o frango e os brócolos da frigideira, coloque o ovo batido e vá mexendo bem até ficar bem solto. Quando estiver quase pronto junte a massa e o frango.
 
5. Envolva bem com dois garfos e adicione o molho de soja e umas gotas de sumo de limão. Sirva de imediato.
 
Bom apetite!

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

O regresso da Moms e da Lasanha!

Tenho tantas coisas para vos contar... Mas não vai ser neste post... Este é para a lasanha! 

O Manel adora este prato, repete e tudo... Nos últimos seis meses de ausência posso dizer-vos que está cada vez melhor garfo e eu cada vez mais feliz, porque para uma mãe cozinheira é um gosto ver um filho (que já foi insultado de todas as formas....quando era um reles fomiscas ...Eheheh) a saborear e a gostar de comer quase tudo! 

Então vamos lá...


Lasanha de Espinafres e Cogumelos Frescos

Receita:
500gr de carne de vaca picada
8 tomates rama maduros
2 cenouras grandes picadas/moídas 
1 cebola
2 alhos
4 folhas de Manjericão fresco
Azeite 
250gr cogumelos frescos
1 taça de folhas de espinafres frescos
1 embalagem de mozarela ralada
12 folhas de massa fresca (marca La Rana) podem utilizar outra mas para mim está é a melhor.
Orégãos q.b
Sal q.b

Para o molho branco:
1 lt de leite
100gr de farinha
50gr de manteiga
200ml d natas
Sal 
Limão 
Nós-moscada 

1. Pelar os tomates, colocar as cenouras, partir a cebolas em gomos, o alho e refugar com um fio de azeite. Quando estiver molinho moer com a varinha até ficar cremoso. 

2. Acrescentar a carne e o manjericão, temperar com sal e uma pitada de orégãos. Deixar apurar e cozinhar.

3. Para o molho branco uso a bimby. Todos os ingredientes excepto as natas 8m/90°/ vel 4. Quando terminar acrescentar as natas e consoante a textura podem cozinhar entre mais 2 ou 4m / 90°/ vel 4.

4. Para montar a lasanha utilizem um tabuleiro de preferência retangular (o meu é pequeno  por isso utilizo este). Na base do tabuleiro colocar um pouco de molho branco só para cobrir o fundo (quase como se estivessem a barrar uma forma) e deitar 2 ou 3 colheres da carne e espalhar.

5. Colocar 3 folhas em cima e de seguida; Carne, cogumelos frescos laminados finos, algumas folhas de espinafres, salpicar com queijo (pouco) e deitar umas duas colheres do molho branco só para compor não para cobrir.

6. Repetir em 4 camadas. Terminar com a carne e restantes ingredientes e não com folhas de lasanha. 

7. Cobrir com o molho branco, deitar o queijo para forrar todo o topo, polvilhar com orégãos. Forno 180°/200° até ficar dourado. 

Bom apetite!