sábado, 2 de fevereiro de 2019

Panquecas com 3 farinhas!

Panquecas com 3 farinhas... como sabem comecei a desbravar o mundo das farinhas lowcarb, e claro como adoro fazer experiências culinárias é ouro sobre azul! 

Para os littles são mais saudáveis e para mim sabem menos a farinha. 

Confesso que não sou nada fã de panquecas exatamente porque me sabem muito a farinha. Já fazia com aveia e banana, mas com as farinhas ficam mais fofas e mesmo saborosas. 


Receita:
1 Banana
1 Ovo
2 Colheres de sopa de farinha de aveia integral
1 Colher de sopa de farinha de cocô
1 Colher de sopa de farinha de amêndoa
150ml de leite ou bebida vegetal
1 colher de café de fermento
Adocem como quiserem, açúcar de cocô, agave, mel, açúcar branco, amarelo... basta uma colher de sobremesa.

Coloco tudo num copo e com a varinha... voilá.
Aquecer a frigideira e colocar um pouco de óleo em spray ou outro (uso óleo de canola).

Deu imensas panquecas pequenas, diria aproximadamente 20 ( tamanho um pouco maior que uma bolacha maria).

Bom apetite!

quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

A dieta da Mom! Salada de Atum com Laranja!

Depois de sermos mães há sempre uns quilinhos para perder, passados 2 meses da Maria nascer está na altura de ir à luta. Desta vez não engordei tanto como na Matilde e estava mais magra antes de engravidar por isso tenho para já como meta perder 5kg! Significa que para além de receitas boas para toda a família, seguem algumas sugestões da minha dieta. (Atenção que não há nutricionistas ao barulho). É uma dieta baseada na Dieta do Paleolítico que já tinha feito um ano depois da Matilde nascer. Dessa vez perdi uns 7 ou 8 kg em cerca de 2 meses, mantive o peso e muitos hábitos alimentares. Foi a melhor dieta que já fiz, a mais fácil e com menos sacrifício, por isso vou repetir.

Quem me faz companhia? 🥦🥦🥦




Receita:(serve 2)
Agriões 
1 lata de atum
1 laranja
Sementes (Goji, abóbora e linhaça)
Cebola picada (a gosto)
Azeite

1. Partir a laranja aos gomos e separar os talos dos agriões.

2. Juntar tudo num prato (não há ciência para fazer saladas), temperar com azeite e sal a gosto.

Bom apetite!❤

terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Arroz de Bacalhau Fresco! Os Littles adoraram!


Estar sozinha com os miúdos por vezes pode tornar-nos mais desleixadas com alguns detalhes...afinal de contas os miúdos não ligam a mariquices. Cá por casa não é diferente! Mas há detalhes que fazem parte da nossa vida cá por casa, como uma mesa bem posta ao fim de semana e um almoço de domingo a condizer. Os miúdos reparam sempre e elogiam, mesmo a Matilde. As refeições são também outra questão para muitas mães que estão só com os miúdos, acreditem que é bem diferente cozinhar para dois adultos... os miúdos são felizes com poucas invenções e a monotonia pode instalar-se à mesa ou corremos o risco de andar a comer Caril, que sobrou porque ninguém quis, durante uma semana. Cá em casa não abdico de fazer tudo igual como se o pai estivesse, não gostam, comem menos, mas comem, chamo a isto "come e cala-te" (ahahah!!!)...ups.. Educação Alimentar e felizmente tem dado bons resultados... comem de tudo! 
Há uns tempos fiz feijoada, imaginam a cena? Saborear uma feijoada com um puto de 7 anos e uma de 2??  Ela comeu a carne com arroz e ele, que também não queria, depois de provar o feijão atirou-se ao tacho... adorei a cena e confesso que fiquei super feliz pela companhia, se é que me entendem. Este domingo tinha bacalhau fresco e resolvi fazer um arroz muito simples ... a Matilde gostou tanto que no fim esteve a comer molho à colherada! 





Receita:
3 tomates de rama (pelados e partidos aos cubos)
1 cebola pequena (picada)
3 dentes de alho (partidos ao meio, para no fim tirarem)
Coentros com rama e coentros picados
3 postas de bacalhau fresco
1 caneca de Arroz (200ml)
Sal
Azeite

1. Num tacho refogar a cebola e o alho com um fio de azeite. Juntar o tomate e coentros com rama, acrescentar um pouco de água e deixar cozinhar. 

2. Juntar os lombos de bacalhau e cozinhar tapados aproximadamente 20m. Retirar para um prato.(retirar os coentros)

3. Juntar água e quando ferver juntar o arroz e acertar o sal. Quando o arroz estiver quase pronto juntar os lombos de bacalhau. 

4. No final colocar coentros picados e servir à pequenada!

Bom apetite! 

sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

Amamentação...amor ou sofrimento?


Muita água, ou melhor dizendo...leite, rola sobre o tema amamentação. O óbvio todos sabemos, é o melhor para o bebé e antes de desistirem peçam ajuda a uma CAM! Continuo a achar que apesar de todas sabermos o que é, até começar não fazemos ideia e ninguém nunca nos explica de forma inequívoca tudo o que pode acontecer. Agora vamos entrar na casa de cada uma de nós...cada vez que falo sobre este tema com amigas ouço de tudo, mas de uma forma geral não é fácil para nenhuma... ouço coisas como "quando ele começava a mamar, mordia panos por causa das dores...", "quando se aproximava a hora de mamar começava a ficar angustiada", "ela chorava com fome em frente à mama até eu ter coragem de lhe oferecer e depois respirava fundo..." , "destestei amamentar", "mil partos a dar de mamar"..." enquanto dava de mamar corriam-me as lágrimas pela cara..." foram todos pedidos de ajuda, são mulheres que deram de mamar em sofrimento... eu encaixo-me neste rol de histórias... com o Manel 3 mastites, múltiplos encaroçamentos, mamilos gretados e 4 meses de angústia, com a Matilde correu bem mamou até aos 6 meses, algumas dificuladades técnicas ao início, 1 mastite e alguns encaroçamentos mas rapidamente ultrapassadas, parti super confiante para a Maria... foi um desastre absoluto, desde ter pouco leite e ela mamar desenfreadamente durante horas (o que me deu cabo dos mamilos), a uma mastite altamente dolorosa e por fim fissuras...como disse a médica "isso não são fissuras já tem o mamilo seccionado"... levaram-me a tomar uma decisão... não deixei de dar leite materno, mas as mamas foram para o céu das mamas e não imaginam o quão feliz estou! Para curar os mamilos a médica sugeriu usar a bomba e dar no biberon (ela já mamava suplemento por isso ia ser fácil a adaptação), tenho desde o Manel a Mini Electric da Medela e é ótima em 15m faz o seu trabalho! Nos primeiros dias o leite saía cor de rosa misturado com sangue (é uma imagem assustadora), depois começaram a sarar e eu comecei a sentir-me feliz e descontraída na hora de dar de comer à Maria, e na hora de andar vestida com o peito tapado e na hora de tomar banho em que o duche já não magoava o peito e em todas as horas! Sinto falta e sei que ela deve sentir falta daquele calor e aconchego quando acabava de mamar, mas acreditem que não sinto falta nenhuma da dor e desconforto. Ainda toma suplemento pois o leite nunca foi como na Matilde e no Manel mas faz pelo menos 4 biberons por dia do meu leite e os outros de LA e estamos felizes com esta opção! Nunca imaginei às 5 semanas estar neste ponto, estranho a rapidez do momento do alimentar, estranho ela já não ser totalmente dependente de mim... a amamentação é para mim o último cordão que se corta e separa fisicamente a mãe do bebé. Mas acho engraçado pois fala-se tanto da amamentação mas esta alternativa é pouco falada e para já está a correr bem! Como foram as vossas experiências? Revem-se nestas histórias? 





quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Espetadas de Frango com Ananás! Super Chefs!!

Já  conhecem a campanha dos super chefes do LIDL? (eu sei que já terminou mas as receitas são para ficar!)

Nem sempre há ideias para receitas originais, mas com esta campanha há imensas ideias, simples e saudáveis.
Fomos desafiados a preparar uma receita, não foi uma escolha fácil entre tantas, mas o Manel andava a falar em espetadas há algum tempo e isso facilitou a nossa escolha.
Seguimos a receita quase à letra...eu sou muito indisciplinada a seguir receitas e achei que ficaria bem acrescentar um pouco de bacon! Espero que o chef Hernâni não se zangue comigo!

Ficaram ótimas e são de certeza a repetir!!


                                                      Espetadas de Frango com Ananás 




Receita:

Pequenas alterações: Intercalei bacon sempre colado ao frango, fiz no forno com um fio de azeite! E em vez de servir com arroz branco, durante as compras encontrei estas massinhas de Natal e não resisti!! 
Bom apetite!



terça-feira, 11 de setembro de 2018

Jantares rápidos: Frango com Molho de Tomate e Coentros!

A receita super fácil do frango com molho de tomate!! Na altura das escolas ter jantares rápidos para preparar é sempre um desafio, principalmente se queremos manter uma alimentação, dentro dos possíveis, equilibrada! 

De há uns tempos para cá introduzimos a Quinoa e o Trigo Sarraceno como acompanhamento quente ou em saladas. A Quinoa já pegou nos mais pequenos já o Trigo Sarraceno ainda é mal olhado! Eu gosto imenso e são ótimas alternativas aos suspeitos do costume...arroz, massa e batata!

Frango com Molho de Tomate e Coentros 



Receita:(serve 4)
8 coxas de frango sem pele (2 coxas de frango por pessoa)
6 tomates naturais sem pele aos cubos (utilizo quase sempre tomate de rama)
1 cebola aos pedaços 
Um grande molho de coentros 
Azeite
Sal

1. Colocar a cebola, o azeite e o tomate num tacho e ao fim de 5m juntar o frango. Temperar a gosto com sal. Deixar cozinhar e quando o frango estiver quase pronto juntar os coentros. 

2. Num tacho colocar água e sal e quando a água estiver a ferver colocar o Trigo. Deixar cozer no ponto desejado, há quem prefira mais rijo... eu gosto mais tenrinho!

Vêm como é super fácil! 

Bom apetite!

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

A vida a três... quase quatro... e no coração sempre cinco!


Eu avisei que ia haver animação pelo menos até ao Natal por aqui! 
Começando por vos responder  como está a ser o nosso dia-a-dia agora que o pai voltou para Angola... bem, quem me segue desde o início sabe que esta condição de mãe solteira sempre foi uma constante, mesmo ainda na gravidez do mais velho, portanto há toda uma gestão emocional já velha amiga que se ultrapassa com relativa leveza! Os últimos 2 anos é que foram diferentes que coincidiram com o nascimento da Matilde... essa sortuda!!! 

Agora estamos os 3 ( quer dizer os 4) e é completamente diferente de quando estava sozinha só com 1, mesmo quando estava grávida. Portanto existem algumas palavras que podem definir o nosso dia a dia, muito em particular com o regresso às aulas ( a exigência de horários muda tudo em relação às férias) ... 

Organização... é absolutamente necessária... caso contrário impera o caos ( deixo a nota que trabalho a tempo inteiro)... por isso rotinas e preparativos, tornam as manhãs e finais de tarde muito mais tranquilas! 

Energia mental e física... o que era dividido por dois fica nas mãos de uma (com toda aquela lesmice tipica de uma grávida de quase 7 meses e toda a energia tipica de uma catraia de 2 anos e pré adolescência de um piolho de quase 7)... até a coisa mais simples... tudo eu! Tudo eu! Acabou o ... vai lá tu! ... nestas 3 semanas já emagreci 1kg... isto é inédito em qualquer uma das minhas gravidezes! Confesso que me deixa animada a pensar na recuperação pós parto!! Ahahah!!

Pensamento positivo... eu sou a super mulher! É possível, tudo se faz, vamos lá, é fácil, faz parte... acreditem que faz toda a diferença... se tem que ser... então vamos lá!!! 

Paciência... quilos e quilos e quilos e quilos e quilos... não preciso descrever! 

Espírito de Morcego... as noites, desde que o pai foi embora mudaram, a Matilde voltou a pedir leite e choraminga ou tem maus sonhos... todas as noites sem exceção...o que me vale é que tem um sofá grande no quarto onde muitas vezes acabo por adormecer! ( Depois temos o desempenar matinal... mas isso são outros quinhentos)... acredito que seja uma fase breve!

E muito mais haverá por dizer, mas acho que ficam assim a saber como estamos para já a caminhar por aqui! 

Ao final do dia há cansaço e há um começar a babar no sofá logo que possível! Ahahah!!! 



E desse lado há muitas mães com maridos emigrados?