quarta-feira, 27 de abril de 2016

Matilde: A nossa história!

Durante 9 meses, pouco partilhei esta gravidez, mesmo entre amigos e família foi vivida de forma discreta, apesar do enorme desejo, a preocupação foi sempre maior. A gravidez foi de risco? Não, nada... nem por um segundo... se a do Manel foi santa, esta não tem explicação, mas na minha cabeça foi de risco durante os 9 meses! 

Gostava muito de ter partilhado também com vocês que me lêm e me seguem esta novidade, preparei alguns post com roupinhas, outros com desenhos do Manel com a mãe com a mana na barriga, as conversas deliciosas que tivemos os dois à conta da Matilde, podem imaginar os comentários do Manel! Mas nunca saíram da caixa.

A nossa história nos últimos  2 anos, foi dura, perdemos 2 bebés, abortos retidos, perdidos de forma silenciosa, sem qualquer suspeita, nem motivo ... foi difícil, foi doloroso, houve momentos em que perdemos a esperança, outros em que acreditávamos que havíamos de conseguir. Quando olhámos para mais um teste positivo o sentimento foi... e agora? O medo foi sem dúvida o sentimento predominante com uma mistura de "não sejas parva, vai correr tudo bem"...

A primeiro eco só ajudou a reforçar os sentimentos, nada de embrião, possibilidade de SAF, prognóstico reservado com nova avaliação em 7 dias! Na minha cabeça já não havia esperança, nada, nem uma restia, havia quase que como uma confirmação que o Mané seria filho único e que no meu coração ia ficar um vazio ocupado por 3 corações para sempre...

Passados 7 dias... a angústia que sentia no peito era do tamanho do mundo... Não, era muito maior que o mundo...mas em breves segundos consegui vê-la, ouvi-la e saber que estava lá! Daí para a frente, e por mais que tentasse, a gravidez não foi igual á do Manel, não foi vivida em pleno, foi vivida em estado de alerta... estava descansada quando ia fazer as ecos, era a semana que comprava roupas e coisinhas para ela. Até nova eco o aperto crescia... raios...parecia uma montanha russa.

Só nas últimas semanas é que o meu coração começou a descansar, sentia-a a mexer-se todos os dias, as consultas regulares para ouvir o coração deixaram-me gozar quase em pleno este final. Quase... porque parei de tomar aspirina ás 35 semanas e achava que podia acontecer alguma coisa agora no fim!!

God... só queria que ela nascesse, havia momentos em que sentia que o meu corpo podia ser perigoso para ela... vejam só as parvoíces que nos passam pela cabeça!!!

No dia em que ela nasceu, a caminho da sala de partos, revivi a última vez que, por motivos menos felizes tinha passado ali e chorei, chorei tanto que a médica pensava que era de dor (por acaso também, a epidural fez janela, e sentia tudo do lado direito)... mas a emoção foi tão grande e a vontade de vê-la também que em literalmente 8 minutos estava nos meus braços, finalmente o pedacinho que nos faltava para estarmos verdadeiramente felizes!!!

Ser mãe é sem dúvida a maior benção que uma mulher pode ter, é um amor que não tem explicação é a dobrar então, é bom demais! 

P.s. É possível que, por causa das hormonas pós parto os post estejam a cair para o lamechas! 

                       
                                ❤❤❤
❤❤❤
❤❤❤

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Mousse de Framboesas e Banana!

Um lanche saudável.  Dependendo da quantidade de leite que coloquem, pode ser uma mousse ou um batido. Rápido, fácil e para Littles (ou mães) é uma boa solução para o lanche. Cá em casa foi insucesso...


Mousse de Framboesas e Banana

Receita:
1 Chávena de Framboesas Congeladas
1 Banana 
Leite (até metade do copo)

1. Colocar as framboesas e a banana partida aos pedaços para um copo/misturadora. Deitar o leite fresco até metade da mistura (se quiserem batido é encher com mais leite) ... vrummm, vrummm e já está. 

Bom apetite! 

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Hambúrgueres de Salmão!

Muito fáceis de fazer, ficam macios e saborosos. Para os Littles é ouro sobre azul e para nós também porque quando eles gostam toda a refeição fica mais fácil. 

Em tempos já tínhamos feitos estes, hambúrgueres de Salmão que estão mais para pastelinhos. A receita de hoje é mais fácil e mais rápida.


Hambúrgueres de Salmão  

Receita:
3 lombos de salmão  (dá 4 hambúrgueres tamanho normal, 5 se as crias forem de pouco alimento)
1/2 cebola grande ou 1 cebola pequenina
3 rodelas de espessura média de pimento vermelho
1 dente de alho pequeno
Gema de ovo
Sumo de 1/2 limão
Pão ralado
Sal

1. Colocar na picadora todos os ingredientes exceto o pão ralado. Picar até ficar em pedaços  (cuidado para não ficar em pasta)

2. Colocar numa taça e colocar o pão ralado, para dar um pouco de consistência e conseguirem moldar. Vão experimentando. A textura final é sempre um pouco mole.

3. Façam 3 hambúrgueres e coloquem no frigorífico cerca 20/30m só para ficarem um pouco mais firmes.

4. Numa frigideira com um fio de azeite, passar de um lado e outro e servir com arroz de tomate e salada.
Bom apetite!


segunda-feira, 11 de abril de 2016

Bolo de Chocolate com Caramelo Salgado!!! Simplesmente Maravilhoso!!

Depois do Bolo de Chocolate com Frutos Vermelhos e Mascarpone, troquei as voltas neste...E ficou tão bom... mas mesmo bom... a base é a do costume, podem ver aqui, Bolo de Chocolate, o resto foi inventado na hora. Não foi feito para um Little, foi para a Ana do Just Me and My Kids.
 
Depois de ver milhares de episódios do masterchef a fazerem caramelo salgado decidi por as mãos na massa... claro que foi a olho e tive de inventar... o bolo simplesmente desapareceu entre o almoço e o lanche. Os Littles lambuzaram-se todos.  A repetir.
 
 
Bolo de chocolate com Caramelo Salgado 
 
 
Receita:
 
1. Bolo chocolate base
 
2. Recheio:
1/2 Tablete de Chocolate de Caramelo (Nestlé, acho que é uma edição especial do Natal)
100ml de natas
 
Partir o chocolate aos quadrados e colocar numa tigela de micro-ondas, cobrir com as natas e aquecer no micro-ondas cerca de 2m. Retirar, envolver bem até ficar bem ligado. Rechear o bolo.
 
3. Cobertura: (esta é a parte mais difícil que foi a olho)
100gr de açúcar ( confirmem que cobre bem o fundo da frigideira)
1 embalagem de queijo mascarpone
1 colher de sopa de manteiga 
Sal grosso q.b
 
Numa frigideira colocar o açúcar e em lume brando deixar caramelizar, até ficar escurinho (sem queimar), quando estiver no ponto deitar o mascarpone e ir mexendo bem para envolver. Cuidado para não se queimarem. Quando estiver bem envolvido e numa única cor, juntem a colher de manteiga e mexam bem. é a manteiga que lhe vai dar uma cor mais brilhante e uma certa macieza. Deitem uma pedras de sal grosso mexam e cubram o bolo. A textura fica cremosa e com alguma elasticidade típica do caramelo... Fica mesmo muito bom...
 
Bom apetite!

 
 
 
 

sexta-feira, 8 de abril de 2016

Passem a faca ao Littles! Cuscuz com legumes!

O Little cá de casa até come bem legumes, dentro do esperado para uma criança de 4 anos não está nada mal. Aceita brócolos, feijões verdes, grão, cenouras, já come salada com alface e tomate, entre outras coisas... Não me posso queixar, antes pelo contrário!(quando este blog nasceu a palavra de ordem era...só me posso queixar...ahahahah... O puto não metia nada na goela...nem leite!) 

Mas os legumes e as crianças não são sempre amigos, é quase um clássico como o cão e gato não serem amigos, envolvê-los na preparação pode ser uma grande ajuda. Cá em casa quando fazemos cuscuz  de legumes quem parte os legumes é o Xoné. Tábua de cozinha, faca com pouca capacidade corte (de sobremesa por exemplo) e legumes variados. 

A receita de hoje é cuscuz com cebola (corta a mãe), alho (corta a mãe), corgete(corta o filho), cogumelos (corta o filho) e cenoura (corta o filho). O Mané gosta muito, mas... Só se for ele a preparar... Uma pessoa entende lá estes putos!!!

                
Cuscuz com legumes

Receita:
1/2 cebola
1 dente de alho
1 cenoura média ás tiras finas
1/2 corgete as rodelas
6 cogumelos as fatias
200 gr Cuscuz
Azeite
Agua 
Sal 
Hortelã 

1. Partir os legumes aos pedaços, em quadradinhos pequeninos colocar numa frigideira com um fio de azeite e cozinhar até ficarem macios, mas ainda com textura sem desfazer. Reservar. 

2. Num tacho colocar água a ferver, com um fio de azeite, sal e hortelã.

3. Colocar o cuscuz numa taça e quando a água ferver deitar sobre o cuscuz até cobrir. Talvez mais um dedo de água. Tapar com um prato e aguardar 5 minutos até a água desaparecer. Soltar com o garfo.

4. Ligar novamente o lume da frigideira com os legumes (podem fazer tudo ao mesmo tempo e preparam os cuscuz enquanto os legumes cozinham). Misturam o cuscuz na frigideira, envolvem bem sem desfazer e voliá. 

5. Servir quente com o que gostarem mais, aqui por casa servimos muito com salmão. 

Bom apetite!


quinta-feira, 7 de abril de 2016

Tartes fajutas mas com fruta fresca!!

As tartes mais fajutas da história deste blogue... ficam bonitas, têm fruta e iogurte mas a base é de compra... (desculpem se vos desiludi...). Comprei num impulso no ALDI, mas confesso que pensei que fossem tipo massa a quebrada e quando abri fiquei a olhar para elas... e agora?

Tirei um bocado de miolo para criar fundo e questionei o Little qual era a fruta que ele queria em cima do "bolinho"...sim parecem bolinhos (deixo ao vosso critério se gostam ou não). Ele escolheu laranja e eu morangos.

Podem rechea-las com chantily se procuram algo mais tipo sobremesa, ou com iogurte grego ou iogurte natural de vão mais para lanche. Estas foram recheadas com iogurte natural magro.

Qualquer fruta fica boa, nesta tive apenas o cuidado, para ficarem molhadinhas, de deitar o sumo que ficou depois de arranjar a laranja nas bases.

São saborosas (não são xaran), mas ficam bonitas e é super rápido fazê-las.

      

      

      
               Tartes com iogurte e fruta fresca

Receita:
Bases de tartes ALDI (caixa de 6)
Iogurte ou natas 
Frutas (a gosto)
Chocolate culinária para raspar

1. Abrir o pacote.. lololol
2. Partir a fruta em pedaços pequenos
3. Colocar na base o iogurte ou as natas, cobrir com fruta e raspas de chocolate.

Colocar no frigorifico pelo menos 30m antes de servir. Servir fresco. 

Bom apetite

terça-feira, 5 de abril de 2016

Garoupa com ervas, limão e bacon!

Cá está ela...a garoupa! Esta já foi comida há uns meses... Ficou super saborosa e ao contrário do que pensávamos não sobrou quase nada. Receita muito simples como de costume. A parte divertida é que o Mané adora quando faço peixes com "cabeça e olhos e tudo..." ... Fica fascinado e tira sempre um olho ao peixe.. Ahahahah!! Viva a anatomia!!!

                  
Garoupa com ervas, limão e bacon

Receita:
1 garoupa inteira fresca e bem limpa com cerca de 1,5kg/ 2k
1/4 naco de bacon
Azeite
2 limões 
Salsa e coentros 
Sal

1. Cortar 1 limão as rodelas, cortar o bacon as fatias e cada fatia em 3 pedaços, picar a salsa e os coentros.

2. Depois de bem lavada colocar o sal e o sumo de limão. Na parte da barriga colocar muitas ervas, rodelas de limão e uns pedaços de bacon.

3. Dar 4 golpes no cimo do peixe e colocar o limão e bacon meio enterrados em cada golpe e espalhar mais rodelas de limão e salpicar com ervas. Deitar um fio de azeite, mesmo muito pouco.

4. Levar ao forno a 180º, durante (Aí jasus que não me lembro do tempo...já sabem que sou uma cozinheira de meia tigela) mas deve ser cerca de 1hora ou até estar tostadinha. 

Bom apetite! 

domingo, 3 de abril de 2016

A Festa dos 4 anos!

Se vamos recomeçar, voltar ao início é sempre o melhor... Paramos em setembro, vamos recuar até lá. Todos os anos partilho a festa do Manel... Este ano deixei passar...mas como ideias para festas são sempre bem vindas, aqui fica a festa dos 4 anos do Manel. O tema foram os Invizimals, confesso que não foi o meu preferido, já não são fofinhos e amorosos, as cores são fortes e mais escuras mas com imaginação conseguimos transformar (acho eu) a mesa da festa e os enfeites giros e manter o estilo que a Moms gosta (eheheheheh)! Mais ideias vejam a A festa dos piratas ou a A festa do Toy Story

Foi, mais uma vez, uma grande trabalheira, tudo home made (exceto os croquetes e leitão do jantar)... As sobremesas...bem... Como já é tradição não chegaram a ser fotografadas!! Espero que gostem e que tirem boas ideias para os vossos pequenos! 


                 
Croquetes e pasteis de bacalhau "bolinha", canapés de atum e delícias do mar
Tábuas de queijos e enchidos, sushi de nutela e pipocas

Folhados de Salsicha, Salmão fumado, Rolinhos de Alheira com maçã e hortelã 

Patês de atum, guacamole e delícias do mar e Tarte de presunto e espinafres.

Para o jantar há sempre sopa para os miúdos e o tradicional leitão para todas. A sangria de espumante com morangos, sumo de laranja e hortelã é sempre sucesso entre os adultos. As sobremesas não variam de ano para ano. Mousse de chocolate, cheasecake, heton mess de morangos e suspiros e bolo de chocolate ;) 

Bom apetite!